Rua Clamentino, 106 - São Paulo-SP

Evitar vazamentos juntas de vedação

Saiba como evitar vazamentos com uma instalação perfeita de juntas de vedação

Evitar vazamentos juntas de vedação

Caso você seja responsável por um equipamento industrial ou tenha um automóvel já ouviu falar em evitar vazamentos pelo menos uma vez na vida. O problema nas juntas de vedação causa a perda de fluídos em um sistema não afeta apenas o seu funcionamento, gerando prejuízo ao dono da máquina. Mas, também, pode ser algo extremamente perigoso, pois, dependendo do líquido vazado, cria-se um risco iminente de um acidente grave.

Pensando nisto, a vedação de um equipamento deve ser encarada como uma coisa muito séria. Para não haver erros na hora de coibir vazamentos, a JUNTAX – VEDAÇÃO E ISOLAÇÃO, que atua há 20 anos na área de vedação com excelência e possui uma equipe de profissionais altamente capacitados, separou algumas dicas fundamentais na hora da instalação de juntas em um sistema.

Evitar vazamentos juntas de vedação
Evitar vazamentos juntas de vedação

Dicas fundamentais sobre instalação de Juntas:

  • Material utilizado – a vedação pode ser feita com borracha, gaxeta, papelões hidráulicos, Guarnital, cortiça, amianto, PTFE (conhecido com teflon), entre outros. No entanto, dependendo da temperatura, da pressão, do líquido utilizado no equipamento e do espaço a ser vedado, alguns materiais não vão apresentar a mesma eficiência e, consequentemente, irão ceder, causando um desperdício de material, tempo e mão de obra. Então, o primeiro passo é consultar um especialista e perguntar qual é o tipo mais adequado de junta para a sua necessidade. Sempre, claro, priorizando materiais que não agridam o meio ambiente e a saúde do trabalhador.
  • Verificação das peças – ao instalar uma junta em uma superfície, certifique-se de que ela esteja em perfeitas condições, ou seja, sem fissuras, ondulações, desgastes e completamente limpa. Além disto, em peças com rosca, observe se ela não está espanada, assim como também é importante conferir se os parafusos estão em perfeitas condições. Aperte-os com cuidado, mas, ao mesmo tempo, não os deixe frouxos, pois isto pode provocar um vazamento futuro. Preferencialmente, também use arruelas. Só depois de checar todos estes itens é que se deve colocar a junta de vedação. Dependendo do caso, vale a pena passar um silicone de alta temperatura (vermelho ou preto) para maior segurança. É importante ressaltar que as juntas devem ter dimensões adequadas às medidas das peças em que serão instaladas. A JUNTAX – VEDAÇÃO E ISOLAÇÃO, por exemplo, disponibiliza um serviço especializado para que a vedação dos equipamentos dos nossos clientes seja apropriada às suas necessidades.
  • Alinhamento – Juntas de vedação são usadas em elos de duas ou mais peças. Alinhe bem todos os elementos que compõem o sistema para evitar que eles fiquem descentralizados. Ao tomar este cuidado, as chances de haver um desperdício de fluídos diminuem.
  • Manutenção – Algumas máquinas são submetidas a variações de temperaturas. Além disto, o seu próprio funcionamento gera uma pressão ou até mesmo uma trepidação. Tudo isso, com o tempo, provoca um desgaste de peças, engrenagens e materiais utilizados na vedação. Faça uma manutenção regular em seu equipamento e lembre-se: juntas não são reaproveitadas. Uma vez tiradas, necessitam ser trocadas.

Solicite um orçamento